América do Sul

CHARME NA VILA OLÍMPIA: TORTA NO QUINTAL

Está de bobeira na região da Vila Olímpia? Nós te levamos para um cantinho encantador e que vale a pena conhecer.

Aprendi já faz um tempo que dicas boas vem, muitas vezes, do boca-a-boca. Mas o detalhe extraordinário desta história é que a indicação do micro restaurante especializado em um tipo de prato, nos fundos de uma casa, aconteceu em uma cidade grande (gigante!) como São Paulo.

Sim, a Torta no Quintal tem este nome porque é exatamente esta a proposta do restaurante. Nos fundos de uma loja de roupas, no bairro da Vila Olímpia, uma cozinheira de mão cheia, com alguns funcionários na cozinha, e o marido no balcão e operando o caixa, recebiam dezenas de pessoas esfomeadas e ansiosas para provar as tortas e salada oferecidas no dia.

Com cardápio ditado e opções rotativas, a casa (ou melhor, os fundos) se tornou sucesso. Com comida gostosa, muito bem executada, ingredientes de boa qualidade, bom humor na elaboração das combinações e, não posso deixar de destacar, preço junto, os clientes viraram fãs.

Abertos apenas para almoço e o no restante da tarde, todas as vezes que estive (e não foram poucas, confesso) sempre encontrei fila. Já estou acostumada a pensar em ir a “Torta”, como é mais conhecida, e programar chegar cedo ou avisar meus convidados de que aguardar por nossa vez faz parte do programa.

Sim, o espaço é pequeno e as filas são grandes, mas por mais que a matemática faça sentido nesta operação, esperar não é muito o forte da maioria das pessoas. A justificativa de quem aguarda é o fato de poder encontrar algo realmente especial neste cantinho da cidade. Com muito charme, o ambiente é uma mistura de tecidos, estampas e cores nas paredes, objetos fofos, alguns antigos outros usados de forma inusitada (ralador e jarra de plástico como lustre), flores nas mesas, placas engraçadinhas e muito do que recordamos ou desejamos encontrar nas casas de chácaras, ou de avós e tias.

Processed with VSCO with c1 preset

Processed with VSCO with c1 preset

Mas é claro que não é somente o espaço que faz o público ir e voltar ao restaurante. A comida é boa demais! A combinação sugerida é sempre a salada do dia (mix de folhas, tomate cereja, cenoura ralada e um topping especial do dia, que variam muito, podendo ser algum tipo de queijo picado, chips de batata, oleaginosa, polvilho e até mesmo pipoca!) e uma fatia de torta: mantendo o estilo, os sabores serão falados e você tem a dura tarefa de escolher um (e já começar a planejar quando voltar para provar os outros!). Todas são maravilhosas e destacam-se: a opção “mix de cogumelos” é super amada, até pelos não vegetarianos, e muito saborosa; a dupla “carne seca com mandioquinha”, coberta com fatias de queijo brie, é rica em sabores bem brasileiros, inusitados para uma torta, e sucesso desde o início das vendas, anos atrás.

Para a experiência ser completa, não abra mão da etapa de sobremesa. Com uma opção melhor que a outra, as tortas doces também são vendidas em fatias (um pouco menores que a versão salgada) e acompanham muito bem um café. Todas são opções geladas, mas a favorita de muitos é a versão com banana: muito suave, o creme da fruta vem acompanhado de canela e chocolate e é realmente surpreendente no paladar. Minhas dicas são a também queridinha de paçoca com chocolate belga: a única em formato menor e redondinho é perfeita para quem gosta de sabores mais amargos; ou a versão de pêssego: com base cremosa da fruta, o creme adocicado no meio contrasta com uma generosa cobertura de chocolate belga amargo. Para os mais tradicionais, as tortas de limão e maracujá também merecem destaque. O conselho é não deixar de provar alguma delas!

Processed with VSCO with c1 preset

Não há como não dizer, sendo muito sincera (e fã de torta!), que nunca comi torta igual ou melhor que a produzida pela Torta. E posso afirmar, com tranquilidade, que dez entre dez pessoas que provarem irão dizer a mesma coisa. Acredito que a combinação de massa fina e recheio saboroso e farto é o que permite um resultado tão bem executado. Se você guarda na memória a ideia de massa podre e pesada e interior ressecado e sem graça, faça o favor de encontrar um tempinho na sua agenda e atualizar suas definições de torta!

Quando ainda não conhecia o lugar, boatos diziam que até os sucos de frutas e o molho da salada eram especiais. E sim, todos estavam certos! A combinação de mostarda e mel, servida em sua mesa, à vontade, brilha. O agrado foi tanto que é possível comprar esta misturinha deliciosa em frascos no próprio balcão e ser feliz em qualquer lugar! A casa também aceita encomendas de todas as tortas que produzem, sendo necessário apenas um dia de antecedência para confirmação do pedido.

A mais ou menos dois anos, com tanto sucesso, o quintal “cresceu” e o restaurante mudou de endereço, mas ainda mesma rua, apenas 3 quadras de distância do espaço original. Com o mesmo estilo, o novo ambiente agora ocupa todo um sobrado e é maior (mas não se iluda, ainda formam-se filas!) e proporciona melhores condições de trabalho para a equipe e atendimento e acomodação para os clientes.

Img 4 - Restaurante Torta no Quintal

Abrindo no finalzinho da manhã, a Torta no Quintal é o local perfeito para almoçar, ainda mais se estiver um dia quente, mas quase certeza que estará bem ocupada entre 12 e 14 horas. Se não puder esperar, a dica é ir fora do horário de pico. Se almoçar não for possível, não desanime: o café é sempre muito elogiado e combinará muito bem com qualquer docinho servido no dia.

O balcão também sempre apresenta algumas delícias produzidas esporadicamente, como pães de mel, brownies, biscoitinhos e cookies. Fique atento e aproveite!

A Torta no Quintal também pode ser encontrada em alguns aplicativos de entrega de comida, e pode ser uma excelente opção se você mora ou trabalha na região, mas não deixe de conhecê-la pessoalmente (e se apaixonar!)… na correria da cidade, o aconchego e a fofura da Torta alimentam também a alma.

Torta no QuintalTorta no Quintal

Rua Comendador Miguel Calfat, 625

Bairro Vila Olímpia

São Paulo

Telefone 3044-2160

About Mariana

Paulistana, arquiteta e curiosa demais! Escrevo muito e sonho alto, sim. Viciada em tudo que envolve cidade, cinema, arte, fotografia, literatura e comunicação. Equilibro a sensação deliciosa de descobrir lugares novos com a tentação de retornar aos já favoritos. Para mim não há esta história de "Esperar pela sexta-feira" ou "Só no fim de semana", todo dia é dia de fazer algo que te faça bem.